Num prazo de 5 anos o seu colchão provavelmente estará com ácaros e poeira, num grau elevado e que pode prejudicar a sua saúde, trazendo problemas tanto respiratórios, quanto insônia devido ao mesmo. Aconselha-se sua troca em no máximo esse período de tempo, para garantir a sua qualidade de vida.

Na hora da escolha, sabendo que sua durabilidade é longa, mas inevitavelmente ele deverá ser trocado, veja o mais lhe agrada e esteja atento ao quanto de peso ele suporta. Colchões que são sobrecarregados com excesso de peso, após um tempo cedem mais que o normal e podem causar danos ao repouso, já que deformidades diminuem potencialmente o desempenho.

Tire um tempo livre quando for escolher, sente nele, deite, fique de lado, realmente faça como se estivesse em casa, acredite, os vendedores estão acostumados e estão lá para lhe atender e aconselhar e uma das pessoas fundamentais na hora de escolher é saber quais são suas necessidades.

Dos mais moles aos mais duros, ortopédicos ou de molas, certamente você encontrará algum que lhe apeteça. Leve sempre sua altura e peso anotado, pois a densidade do colchão faz toda diferença, seja honesto consigo mesmo e vá pela opção confortável e de qualidade, a beleza nem sempre é um bom fator a se levar em conta na hora de comprar um item de extrema importância como o lugar onde você irá repousar após um longo dia de trabalho.

Segundo ortopedista João Rolim “O colchão tem que ceder nas partes do quadril, que são proeminentes, e manter a coluna em uma posição ereta, sem desvios nem para cima, nem muito para baixo”, ou seja, é completamente normal que o colchão fique com a marca do seu corpo, porém, há uma grande diferença quando ele afunda ou se deforma. Fique atento a como o seu colchão se molda ao seu corpo na hora da compra.

Cada tipo irá agregar mais conforto ao seu corpo, dependendo seu caso. Pessoas com problemas na coluna é aconselhável os ortopédicos, que são mais duros e relaxam o corpo e proporcionam o efeito de “ colocar a coluna no lugar”. Para pessoas com problemas de saúde, dependendo, é aconselhável a linha hospitalar, que é feito exatamente para casos assim,

Leve em consideração também seu travesseiro, que deve ser trocado a cada 2 anos e deve estar em harmonia com o colhão, não ser nem muito duro ou muito macio. Ele deve apoiar pescoço sem causar incômodo e deve ser retirado a fronha, juntamente com a roupa do colchão, pelo menos 2 vezes por semana, para evitar que ácaros ou bactérias se alojem no produto.

E lembre-se na hora de comprar: colchões são aqueles com mais de 12cm de espessura, qualquer  valor inferior é considerado colchonete, onde a densidade é baixa e a qualidade não é o suficiente para o sono. Colchonetes são recomendados para leves repousos ou viagens, é apenas um fator de isolamento térmico e para garantir algum conforto ao seu usuário, mas não é recomendado para o sono.